Polícia acaba com festa movida a drogas e armas

05/07/2020

Na madrugada deste domingo (5), a Polícia Militar encerrou uma festa que ocorria no Loteamento Mata D’água, município de Conde, na Grande João Pessoa. Na ação, três armas de fogo e diversos tipos de entorpecentes foram apreendidos, sendo três suspeitos detidos.

Segundo a polícia, após recebimento de informações de que uma festa ocorria em uma granja no município de Conde, e que nela estariam presentes indivíduos relacionados a organizações criminosas e torcidas organizadas, foi articulada uma operação denominada ‘Terminália’, que contou com a participação de policiais da 1ª Companhia Independente da PM, em conjunto com a Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e outros órgãos da prefeitura.

“Ao chegarem no local, as equipes se depararam com cerca de 600 pessoas se confraternizando e, ao perceberem a presença da polícia, houve grande correria e fuga, mas foi possível controlar a ocorrência, sendo feitas buscas a pessoas e a varredura no local, que culminaram na apreensão de quase 300 unidades de entorpecentes, entre maconha, ‘loló’, cocaína, ecstasy, LSD e crack; e na apreensão de três armas de fogo, sendo dois revólveres calibre 38 e uma pistola calibre 380”, disse a Secretaria de Comunicação do Estado em comunicado encaminhado à imprensa.

Foram lavrados diversos termos pelos órgãos competentes, relativos às irregularidades do evento. Todo o material apreendido e os suspeitos foram conduzidos à delegacia de Alhandra.

Operação

‘Terminália’ foi um festival da antiga Roma em tributo ao Deus Término, que era a divindade tutelar das fronteiras. A operação faz parte de um conjunto de ações realizadas pela Polícia Militar para fazer cumprir as medidas restritivas de combate à disseminação do novo coronavírus, causador da Covid-19, e prevenir e combater crimes contra a vida, contra o patrimônio e tráfico de drogas.

Imagens

Vídeos