Abandono de animais bate recorde na pandemia

11/03/2021

Logo que o "confinamento" começou no Brasil, uma rara boa notícia chegou nas ONGs que cuidam de animais abandonados e centros de controle de zoonoses. Com mais tempo em casa, pessoas passaram a procurar os centros de adoção para buscar um novo companheiro para o isolamento.

Assim, nos primeiros meses de pandemia, a procura por adoção de cães e gatos aumentou. Passado um ano, a pandemia vive seu pior momento no Brasil, que além da crise sanitária vive uma crise social e econômica gigantesca.

O auxílio emergencial acabou, as pessoas perderam seus empregos, e adivinhe o que aconteceu com os cães e gatos? Muitos dos que foram adotados foram devolvidos ou voltaram a ser abandonados.

Imagens

Vídeos