Procon-JP registra quase 96% de aumento no preço da carne

18/03/2021

A carne cupim apresentou a maior variação, 95,98%, entre os tipos pesquisados pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor em nove supermercados da Capital. A equipe de pesquisadores levantou o preço de 46 tipos de carnes de várias marcas. O quilo do cupim, por exemplo, está sendo comercializado entre R$ 21,89 (Carrefour – Aeroclube) e R$ 42,90 (Latorre – Torre), diferença de R$ 21,09.

Já o preço do quilo da picanha nacional está com uma diferença de R$ 30,09, variando entre R$ 49,90 (Menor Preço – Cristo) e R$ 79,99 (Manaíra – Manaíra). As outras maiores diferença foram encontradas nos seguintes tipos: charque traseira, R$ 25,00, com preços entre R$ 37,99 (Bemais – Bancários) e R$ 62,99 (Carrefour – Aeroclube); chã de fora, R$ 18,90, com preços entre R$ 27,99 (Super Box Brasil – Geisel) e R$ 46,89 (Carrefour -Aeroclube); contra filé, R$ 17,99, com preços entre R$ 34,99 (Bemais – Bancários) e R$ 52,98 (Manaíra – Manaíra); e maminha, R$ 16,41, com preços entre R$ 39,49 (Super Box Brasil – Geisel) e R$ 55,90 (Big Bompreço – Aeroclube).

O secretário Rougger Guerra chama a atenção para as diferenças nos preços e alerta que o pessoense consulte a pesquisa do Procon-JP antes das compras da carne. “Esse tipo de produto está sempre presente na mesa do consumidor. Portanto, vale à pena procurar o local mais barato”.

Locais visitados – A pesquisa levantou preços nos seguintes supermercados: Santiago e Latorre (Torre); Carrefour e Big Bompreço (Aeroclube); Extra (Epitácio Pessoa); Bemais (Bancários); Menor Preço (Cristo); Super Box Brasil (Geisel); e Manaíra (Manaíra).

Para consultar a pesquisa completa acesse o link.

Secom JP

Imagens

Vídeos