SINSEMP repudia ato da Secretaria Municipal de Educação

21/03/2021

O SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE POMBAL (SINSEMP), publicou na tarde deste domingo (21) em sua pagina no facebook, nota de repudio a ato de convocação por parte da Secretaria Municipal de Educação para que os profissionais que atuam na educação municipal compareçam nas unidades escolares, para exercerem as suas atribuições de forma presencial, ignorando os riscos de contágio da Covid-19.

VEJA NA INTEGRA:

O SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE POMBAL (SINSEMP), vem à público apresentar o seu irrestrito apoio aos profissionais da Educação do município de Pombal – PB, bem como REPUDIAR o ato da Secretaria Municipal de Educação, que no dia 19/03/2021, publicou convocação para que os profissionais que atuam na educação municipal compareçam nas unidades escolares, para exercerem as suas atribuições de forma presencial, ignorando os riscos de contágio da Covid-19. Atualmente, por força do Decreto Estadual nº 41.086/2021, bem como pelo Decreto Municipal nº 2.196/2021, as aulas presenciais estão suspensas, onde as atividades do ano letivo de 2021 deverão ocorrer de forma não presencial.

A severidade das medidas decorre do fato de que desde janeiro do corrente ano o Estado da Paraíba vem registrando mais de 1.000 casos novos diariamente, contagio este que é acentuado em ambientes fechados com mais de 10 (dez) pessoas, ou mesmo em ambientes abertos aglomerados. Anote-se também que não somente o contágio vem aumentando, como também, o número de óbitos e o abarrotamento das Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Em Boletim divulgado no dia 19/03/2021, mesmo dia da convocação publicada pela Secretária Municipal de Educação, o Hospital Regional de Pombal apresentou total lotação de vagas para leitos (enfermaria e UTI) destinados ao tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19.

A tecnologia permite aos profissionais da educação do município exercerem, de forma remota, as suas atribuições, sem que coloque em risco as suas vidas e de seus familiares, como inclusive ocorreu no ano letivo do ano de 2020.

Agir contrários as recomendações científicas e sanitárias, e obrigar o profissional de Educação à retornar para as unidades escolares é uma ação imprudente que coloca em risco a saúde e a vida de centenas de pessoas. Só a Educação do Município de Pombal conta com mais de 400 (quatrocentos) profissionais.

Além disso, as unidades escolares municipais também estão sendo utilizadas para a realização da campanha de vacina, bem como para a testagem de casos suspeitos, aumentando ainda mais os riscos para os profissionais da educação.

É preciso dar um basta ao negacionismo e o obscurantismo, que infelizmente ora se apresenta através da Secretaria Municipal de Educação. Desta feita, o SINSEMP reprova e repudia o ato de convocação, de modo que já está buscando os meios legais e legítimos, para se contrapor à tal ato.

Pombal (PB), 21 de março de 2021.

PortalSN1

Imagens

Vídeos