PM prenderá pessoas flagradas em festas na PB

27/03/2021

A Polícia Militar da Paraíba vai levar à delegacia todas as pessoas que participarem de festas clandestinas em meio às restrições impostas pela Governo do Estado devido a piora da pandemia de Covid-19. Eventos de todos os tipos estão proibidos, além disso, serviços não essenciais não podem funcionar a partir deste sábado (27) até o próximo dia 4 de abril.

O aviso foi feito pelo Comandante da PM na Paraíba nesta sexta (26), Euller Chaves. Anteriormente, apenas os organizadores e proprietários de casas de festa eram conduzidos à delegacia.

“Estamos preparados para cumprir os decretos de forma integrada com os órgãos dos municípios e estaduais, o que tem de novo é um maior rigor maior sobre bares, restaurantes e proibição durante a semana. Outro aspecto que vamos forçar muito é quanto a possíveis festas clandestinas, verificamos que nos últimos fins de semana, conduzimos apenas os responsáveis e, desde já, orientamos que vamos conduzir todos os participantes para a delegacia, oferecer a prisão com base no código penal 268. A detenção será de um mês a um ano, além do pagamento de multa”, afirmou.

“Esse momento vai exigir mais força, trabalho de inteligência de dorme, já temos a necessidade de que as pessoas saibam que esse feriado não é para festejar, mas sim para se resguardar, isso vai depender de cada cidadão. Tenho a certeza que por mais que existam decretos, mas nosso principal soldado é o cidadão, que denuncia qualquer tipo de ilegalidade”, acrescentou.

Com o agravamento da pandemia da Covid-19, os hospitais públicos e privados da Paraíba estão lotados. Apesar da abertura de novos leitos, a taxa de ocupação na Região Metropolitana de João Pessoa é de 92%, 74% em Campina Grande e 87% no Sertão. Dezenove pessoas aguardam por uma vaga em enfermaria ou em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nas últimas 24 horas, o Estado contabilizou mais 50 mortes por coronavírus e ultrapassou a marca de 250 mil infecções.

MaisPB

Imagens

Vídeos