REPERCUSSÃO
VIOLÊNCIA: HOMEM É MORTO A TIROS EM SANTA RITA
28/05/2024
gptv.com.br
BOMBEIROS DA PB SEGUEM PARA MISSÃO HUMANITÁRIA NO RS

Equipes do Corpo de Bombeiros da Paraíba partiram, na manhã desta segunda-feira (06), para o estado do Rio Grande do Sul, onde participarão de missão humanitária. Ao todo, o estado está enviando 18 bombeiros especialistas em desastres e uma das equipes, a do Canil, já atuou no socorro às vítimas da tragédia de Brumandinho, em Minas Gerais. O Rio Grande do Sul enfrenta a maior tragédia climática do estado desde o dia 30 de abril, devido às fortes chuvas e aumento do nível de rios e lagos. O mais recente Boletim da Defesa Civil, divulgado por volta das 9h desta segunda-feira (06), contabiliza 83 mortes e o número de desaparecidos chega a 111.


As equipes do Corpo de Bombeiros saíram da Paraíba por via terrestre e seguirão até Feira de Santana (BA) com previsão de chegar na localidade ainda hoje. De lá, a equipe segue para Juiz de Fora (MG), passam por São Paulo, com destino ao Rio Grande do Sul. De acordo com postagem da presidenta do Consórcio Nordeste e governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, na rede social X (antigo Twitter), a Paraíba está colaborando com o envio de 02 viaturas tipo ABS, 02 embarcações infláveis, 02 equipes de salvamento, 02 binômios certificados em restos mortais e 02 viaturas de canil.


Whats App Image 2024 05 06 at 08 28 51

Viaturas e embarcações estão fazendo percurso por via terrestre até o Rio Grande do Sul

Segundo a assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros, a princípio, a equipe composta por 18 bombeiros ajudará "na busca e resgate de pessoas vivas em áreas alagadas, recuperação de corpos soterrados através dos cães farejadores e ajuda nas ações humanitárias".


Desalojados


O dado oficial mais recente aponta que, ao todo, são 345 municípios gaúchos atingidos pelos temporais, com mais de 850,4 mil pessoas afetadas no estado. O Rio Grande do Sul contabiliza 21.957 pessoas desalojadas. O levantamento aponta, também, que 19.368 pessoas estão temporariamente em abrigos e há 276 feridos.


Dados para doação


O governo do Rio Grande do Sul reativou o canal de doações para a conta SOS Rio Grande do Sul. Foi restabelecida a Chave Pix do CNPJ 92.958.800/0001-38, a mesma utilizada em 2023, vinculada à conta bancária aberta pelo Banrisul. Os recursos serão integralmente revertidos para o apoio humanitário às vítimas das enchentes e para a reconstrução da infraestrutura dos municípios.


Dados para doação


Pix: CNPJ: 92.958.800/0001-38

Banco do Estado do Rio Grande do Sul ou Associação dos Bancos No Estado do Rio Grande do Sul


Atenção: quando realizar a operação, confirme que o nome da conta que aparece é "SOS Rio Grande do Sul" e que o banco é o Banrisul. 


Doações internacionais


O governo do Estado também ativou canais de doação internacional. Com a ação, o Executivo amplia as possibilidades de arrecadação de fundos e permite que pessoas e organizações em todo o mundo contribuam para a situação de emergência.


Para doar, utilize os seguintes dados e as instruções:


Zona do Euro 

Banco Standard Chartered

Bank Frankfurt

Swift: SCBLDEFX

Conta: 007358304

Zona do Dólar

Banco Standard Chartered

Bank New York

Swift: SCBLUS33

Conta: 3544032986001

Para ambos os casos, é preciso informar:


Código IBAN: BR5392702067001000645423206C1

Nome: Associação dos Bancos no Estado do Rio Grande do Sul

CNPJ: 92.958.800/0001-38

Doações e solidariedade


Uma rede de solidariedade tem se espalhado pelo país e pelas redes sociais. Vários artistas, influenciadores digitais e intelectuais têm feito mobilização para que as pessoas façam doações. A cantora e compositora Anitta colocou um caminhão à disposição da Cufa (Central Única das Favelas) para ajudar à população do Rio Grande do Sul com a entrega de doações. A Cufa está recebendo: alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e higiene pessoal, água, roupas, calçados e cobertores.


Onde doar:

Sede da Cufa - Madureira, RJ

Rua Francisco Batista, 01 (Embaixo do viaduto de Madureira), das 9h às 19h

Pix : doacoes@cufa.org.br


MÍDIAS